ATEB | ACADEMIA DE ARTES NO TEATRO DO BRASIL - ANUAL PRÊMIO CENYM DE TEATRO NACIONAL 

Cenym é nome de uso, serviço e propriedade da Academia de Artes no Teatro do Brasil. ©2020 Direitos reservados.

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • CENYM | Notícias

PRÊMIO CENYM 2019: Veja a lista completa dos indicados ao 'Oscar' do teatro brasileiro

Atualizado: 27 de Out de 2019

"Mãe Coragem" lidera com 14 indicações, "Um Beijo Em Franz Kafka" e "Angels In America" também disputam favoritismo com 10 indicações.


Anderson de Rizzi e Maurício Machado em Um Beijo em Franz Kafka | Foto: Priscila Prade / Divulgação

A Academia de Artes no Teatro do Brasil anunciou na manhã da quinta-feira, 19 de setembro, os indicados ao Prêmio Cenym de Teatro Nacional 2019. Este ano, 39 espetáculos e mais de 220 profissionais entraram para a lista de imortais da Academia, recebendo uma ou mais indicações. O ator e diretor Tom Williamson, que atualmente também ocupa o cargo de mestre de cerimônia da Ateb, revelou os indicados nas principais categorias do maior prêmio do teatro brasileiro. A 19ª edição do Cenym está marcada para 26 de novembro. Confira a lista completa dos Indicados.


MELHOR ESPETÁCULO

• Mãe Coragem

• Alguém Para Fugir Comigo

• Por que Hécuba

• Arena Selvagem

• Angels In America


MELHOR DIREÇÃO

• Daniela Thomas - Mãe Coragem

• Analice Croccia e Quiercles Santana – Alguém Para Fugir Comigo

• Marcio Meirelles – Por que Hécuba

• Inês Marocco – Arena Selvagem

• Paulo de Moraes – Angels In America


MELHOR ATOR

• Robson Torinni – Tebas Land

• Cleiton Moraes – Amar é o Crime Perfeito

• Maurício Machado – Um Beijo em Franz Kafka

• Gilberto Gawronski – A Ira de Narciso

• Sérgio Machado – Angels In America


MELHOR ATRIZ

• Márcia Limma – Medeia Negra

• Celina Alcântara – A Mulher Arrastada

• Chica Carelli – Por que Hécuba

• Rose Germano – Frida Kahlo a Deusa Tehuana

• Bete Coelho – Mãe Coragem


MELHOR ATOR COADJUVANTE

• Alexandre Dantas – Amar é o Crime Perfeito

• Thiago Catarino – Angels In America

• Thales Paradela – Amar é o Crime Perfeito

• Fábio Assunção - Dogville

• Anderson Di Rizzi – Um Beijo em Franz Kafka


MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

• Luiza Curvo – Mãe Coragem

• Mirna Rubim – O Som e a Sílaba

• Carol Carreiro – Hedda Gabler

• Karen Coelho – A Profissão da Senhora Warren

• Kelzy Ecard – Eu, Moby Dick


MELHOR TEXTO ORIGINAL

• Amar é o Crime Perfeito – Thales Paradela

• As Tentações do Padre Cícero – Gil Vicente Tavares

• Eu Sempre Soube – Marcio Azevedo

• A Mulher Arrastada – Diones Camargo

• O Som e a Sílaba – Miguel Falabella


MELHOR TEXTO ADAPTADO

• Tebas Land - Esteban Campanela

• Por que Hécuba – Vinicius Bustani e Chica Carelli

• Mãe Coragem – Marcos Renaux

• Amar, Verbo Intransitivo – Luciana Carnieli

• Angels In America - Maurício Arruda Mendonça


MELHOR GRUPO DE TEATRO

• Grupo Amaré – Espera o Outono, Alice

• Grupo Teatro Nu – As Tentações do Padre Cícero

• Grupo Resta 1 – Alguém Para Fugir Comigo

• Grupo Cerco – Arena Selvagem

• Grupo Vilavox – Medeia Negra



Arena Selvagem | 7 indicações - Foto: Jessica Barbosa / Divulgação


MELHOR COMPANHIA DE TEATRO

• Cia Armazém - Angels In America

• Cia Galpão – Outros

• Cia Lusco Fosco - Tchekhov é um Cogumelo

• Cia Pão Doce – O Torto Andar do Outro

• Cia Fiandeiros – Vento Forte Para Água e Sabão


MELHOR QUALIDADE ARTÍSTICA DE PRODUÇÃO

• Alguém Para Fugir Comigo - Analice Croccia, Quiercles Santana, Ane Lima,

Caíque Ferraz, Clau Barros, Luís Bringel, Pollyanna Cabral e Wilamys Rosendo

• Mãe Coragem - Daniela Thomas, Marcos Renaux Bete Coelho, Luiza Curvo,

Amanda Lyra, Carlota Joaquina, Luisa Renaux, Ricardo Bittencourt, Murilo

Grossi, Roberto Audio, Rodrigo Penna, Wilson Feitosa, Cacá Toledo e Murillo Carraro

• Amar é o Crime Perfeito – Paulo Trajano, Thales Paradela, Ismael Fiorentin,

Cleiton Morais, Alexandre Dantas, Cláudio Pitanga e Maria Esmeralda Forte

• Arena Selvagem - Inês Maroco Anildo Böes, Celso Zanini, Elisa Heidrich, Kalisy

Cabeda, Manoela Wunderlich, Martina Fröhlich, Marina Kerber, Philipe Philippsen

• O Torto Andar do Outro – Marcos Leonardo, Bárbara Paiva, Lígia Kiss, Mônica

Danuta, Paulo Lima e Romero Oliveira


MELHOR QUALIDADE TÉCNICA DE PRODUÇÃO

• O Mistério de Irma Vap - Marco Lima, Cesar Pivetti e Gilson Fukushima

• Um Beijo em Franz Kafka - André Luis Omote, Kleber Montanheiro e Paulo Denizot

• Chapeuzinho Vermelho - Thais Andrade, Élcio Rossini e Alvaro Costa

• Eu, Moby Dick – Bia Junqueira, Renato Machado, Carol Goldinho e Márcio Freitas

• Mãe Coragem - Gustavo Breier, Daniela Thomas, Felipe Tassara e Beto Bruel


MELHOR MONÓLOGO

• Medeia Negra – Marcia Limma

• Ícaro - Luciano Mallmann

• Frida Kahlo a Deusa Tehuana - Rose Germano

• Eu Sempre Soube – Rosane Gofman

• A Ira de Narciso - Gilberto Gawronski


MELHOR MUSICAL

• As Cangaceiras

• Billy Elliot

• Merlin e Arthur – Um Sonho de Liberdade

• Cole Porter – Ele Nunca Disse Que Me Amava

• Elza


MELHOR ELENCO

• Alguém Para Fugir Comigo - Analice Croccia, Ane Lima, Caíque Ferraz, Clau

Barros, Luís Bringel, Pollyanna Cabral, Wilamys Rosendo

• Mãe Coragem - Bete Coelho, Luiza Curvo, Amanda Lyra, Carlota Joaquina, Luisa

Renaux, Ricardo Bittencourt, Murilo Grossi, Roberto Audio, Rodrigo Penna,

Wilson Feitosa, Cacá Toledo e Murillo Carraro

• Amar é o Crime Perfeito - Ismael Fiorentin, Cleiton Morais, Alexandre Dantas,

Cláudio Pitanga e Thales Paradela e Maria Esmeralda Forte

• Arena Selvagem - Anildo Böes, Celso Zanini, Elisa Heidrich, Kalisy Cabeda,

Manoela Wunderlich, Martina Fröhlich, Marina Kerber e Philipe Philippsen

• Dogville - Mel Lisboa, Eric Lenate, Fábio Assunção, Bianca Byington, Rodrigo

Caetano, Anna Toledo, Marcelo Villas Boas, Gustavo Trestin, Fernanda Thuran,

Thalles Cabral, Chris Couto, Blota Filho, Munir Pedrosa, Selma Egrei, Fernanda Couto e Dudu Ejchel


MELHOR MONTAGEM

• Tebas Land

• Angels In America

• Mãe Coragem

• Hedda Gabler

• A Profissão da Senhora Warren


MELHOR CENÁRIO

• O Mistério de Irma Vap - Marco Lima

• O Som e a Sílaba - Zezinho Santos e Turíbio Santos

• A Profissão da Senhora Warren - Duda Arruk

• Um Beijo em Franz Kafka - Kleber Montanheiro

• Mãe Coragem - Daniela Thomas e Felipe Tassara


MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

• O Mistério de Irma Vap - Marco Lima

• Um Beijo em Franz Kafka - Kleber Montanheiro

• Sunset Boulevard - Matt Kinley

• Mãe Coragem - Daniela Thomas e Felipe Tassara

• O Som e a Sílaba - Zezinho Santos e Turíbio Santos


MELHOR FIGURINO

• Hedda Gabler - Márcio Macena e Carol Badra

• O Mistério de Irma Vap - Karen Brusttolin

• Mãe Coragem - Cassio Brasil

• Por que Hécuba – Marcio Meirelles

• O Torto Andar do Outro – Marcos Leonardo


MELHOR ILUMINAÇÃO OU USO DA LUZ

• O Mistério de Irma Vap - Cesar Pivetti

• Alguém Para Fugir Comigo - Elias Mouret

• Um Beijo em Franz Kafka - Paulo Denizot

• Chapeuzinho Vermelho - Thais Andrade

• Por que Hécuba – Marcio Meirelles


MELHOR MAQUIAGEM OU VISAGISMO

• O Mistério de Irma Vap – Karen Brusttolin

• Um Beijo em Franz Kafka - Armando Filho

• Das Cinzas Coração - Valquíria Cardoso

• Cole Porter – Ele Nunca Disse Que Me Amava - Beto Carramanhos

• Sunsent Boulevard - Beto França e Feliciano San Roman


MELHOR PREPARAÇÃO CORPORAL

• Chapeuzinho Vermelho - Carlota Albuquerque

• Tebas Land – Cris Amadeo

• Eu, Moby Dick – Paulo Mantuano

• Por que Hécuba – Ariel Ribeiro, Loreta Pelosi e Tiago Menegaz

• Angels In America - Paulo Mantuano


MELHOR CARTAZ OU PROGRAMAÇÃO VISUAL

• Arena Selvagem - Marina Kerber

• Eu, Moby Dick – Raquel Alvarenga

• Merlin e Arthur – Um Sonho de Liberdade - Victor Hugo Cecatto

• A Profissão da Senhora Warren - Denise Bacellar

• Angels In America - Daniel de Jesus


MELHOR FOTOGRAFIA PARA PUBLICIDADE

• Um Beijo em Franz Kafka - Priscila Prade

• Amar, Verbo Intransitivo – João Caldas

• Amar é o Crime Perfeito – Renato Neto

• A Profissão da Senhora Warren - Ronaldo Gutierrez

• Angels In America - Mauro Kury


MELHOR ADEREÇOS E OBJETOS DE CENA

• Mãe Coragem - Jesus Walkir Pedroso e Bosco Bedeschi

• O Mistério de Irma Vap - Karen Brusttolin

• Das Cinzas Coração - Diego Steffani e Valquíria Cardoso

• Arena Selvagem - Diego Steffani

• O Torto Andar do Outro – Marcos Leonardo


MELHOR COREOGRAFIA

• O Frenético Dancin Day’s - Deborah Colker e Jacqueline Motta

• Billy Elliot - Anelita Gallo, Nikki Belsher e Barnaby Meredith

• Cole Porter – Ele Nunca Disse Que Me Amava - Charles Möeller

• 70 Década do Divino Maravilhoso - Victor Maia

• Meu Destino é ser Star - Victor Maia


MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL OU ADAPTADA

• Mãe Coragem - Felipe Antunes

• Um Beijo em Franz Kafka - Guga Stroeter e Matias Capovilla

• Eu, Moby Dick - Felipe Habib e Daniel Castanheira

• Amar é o Crime Perfeito - Guilherme Miranda

• O Torto Andar do Outro – Romero Oliveira


MELHOR EFEITOS SONOROS OU TRILHA FRAGMENTADA

• O Mistério de Irma Vap – Gilson Fukushima

• A Profissão da Senhora Warren - Gregory Slivar

• Por que Hécuba – Aline Falcão

• Eu, Moby Dick – Felipe Habib e Daniel Castanheira

• Das Cinzas Coração – Arthur de Faria


MELHOR SONOPLASTIA OU EXECUÇÃO DE SOM

• O Mistério de Irma Vap - Dugg Mont

• Chapeuzinho Vermelho - Álvaro Rosacosta

• Eu, Moby Dick – Carol Godinho e Marcio Freitas

• Um Beijo em Franz Kafka - Ricardo Pesce

• Das Cinzas Coração - Arthur de Faria


MELHOR CANÇÃO ORIGINAL OU ADAPTADA

• Sunset Boulevard – “o tempo não passou” Mariana Elisabetsky

e Victor Mühlethaler (tradução), Carlos Bauzys (arranjos)

• Elza – “a carne” Letieres Leite (arranjos) Pedro Luís, Larissa Luz e Antônia Adnet (adaptação)

• Meu Destino é ser Star – “toda forma de amor” Zé Ricardo (arranjos e adaptação)

• Tick Tick Bom – “abra seus olhos” Bruno Narchi e Thiago Machado

(tradução), Jorge De Godoy (arranjos)

• Elza – “meu guri” Letieres Leite (arranjos) Pedro Luís, Larissa Luz e Antônia Adnet (adaptação)